COLUNA – GANGORRA DE EMOÇÕES

Já repararam que torcer pro Fluminense ultimamente é ir do céu ao inferno e vice e versa num curto espaço de tempo?

Acreditamos que as contratações do ano passado, Boba, Cazares, Abel Hernandez e nada, acreditamos ser possível chegar as semi – finais da Libertadores e como ganhar Fla x Flu é normal, a final era logo ali e nada.

Despencamos. Marcão nos tirou do afogamento na tabela e nos levou à pré libertadores.

Começa o ano novo, novas contratações, liberação de jogadores que falharam no ano anterior, nem todos é verdade, mas um elenco mais robusto e experiente e lá estávamos nós com a moral lá em cima de novo, acreditando em tudo, Abel Braga nos deixa mal acostumados, foram Vitórias em cima de Vitórias, vencemos todos os clássicos, os três primeiros jogos na libertadores e dai vem a derrota, a eliminação, o jogo ruim (mesmo que com um titulo no meio) e tudo desanda de novo.

Abel Braga do alto de sua ética vê que não vai conseguir, entra em acordo com a diretoria e  prefere voltar a ser somente um torcedor, vem Diniz e parte da torcida torce o nariz, dois jogos, duas boas apresentações, um time mais aguerrido e com mais intensidade em campo e cá estamos nós novamente acreditando ser tudo possivel.

Dia 11/05/2022, tem mais. Outro jogo Mata – Mata, onde a classificação nos dará um pouco de respiro financeiro e manterá acessa a chama do torcedor, uma eliminação não esperada, fará novamente o castelo desmoronar. Nessa Gangorra de Emoções, teremos mais 2 jogos decisivos, no campo inimigo onde precisaremos também de 2 vitórias para chegar as oitavas da Sulamericana.

O mês de Maio promete fortes emoções e que possamos seguir uma linha reta com viés de crescimento mesmo que pequeno e pontual. #euaindaacredito.

É hora de vestir a armadura e provar o porque somos o time de Guerreiros.

 

Carlos Gouté

COMPARTILHE
Imagem padrão
andre.luiz
Artigos: 2425

137 comentários

Deixar uma resposta